Últimos assuntos
» 08-Nov-2015 - Almoço convívio ADM e celebração aniversário ADM (Lousa -Montachique)
por DSancho Sex 6 Nov 2015 - 18:18

» almoço
por jvenancio Qua 26 Ago 2015 - 9:41

» 26-06-2017 - Almoço das 6ªs, Prazeres da Picanha
por ZéPedro Sex 26 Jun 2015 - 22:10

» 5-6-2015 - Almoço das 6ªs - Francesinha em Santos
por jvenancio Sex 5 Jun 2015 - 11:30

» 17ª Edição do Lés-a-Lés (Inscrição)
por jvenancio Sab 30 Maio 2015 - 10:17

» Honda Africa Twin revelada
por jvenancio Qua 27 Maio 2015 - 16:28

» 07 a 09-06-2014 - 16º Portugal de Lés-a-Lés
por LFerro Sex 6 Fev 2015 - 17:48

» Triumph Tiger 800 - 800XC - 1200 Explorer
por LFerro Seg 19 Jan 2015 - 14:07

» Kymco Downtown 350i
por ZéPedro Qua 14 Jan 2015 - 23:08

» 17º Portugal de Lés-a-Lés 2015 - 7 a 9 Junho 2015
por LFerro Seg 12 Jan 2015 - 20:03

» Revista MOTOCAMPING
por LFerro Sex 2 Jan 2015 - 18:45

» 19-12-2014 - Almoço das 6as - ESPECIAL BOAS FESTAS
por rlopes Seg 22 Dez 2014 - 11:31

» 12-12-2014 - Almoço das sextas, Mercado 31 Janeiro
por jvenancio Seg 15 Dez 2014 - 14:24

» 28-11-2014 - Almoço das sextas, Mercado 31 Janeiro
por jvenancio Sex 28 Nov 2014 - 19:27

» Lisboa Motoshow 2015
por Pianoman Qui 27 Nov 2014 - 12:46

Os membros mais ativos do mês


Miguel Oliveira na Red Bull KTM Ajo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Miguel Oliveira na Red Bull KTM Ajo

Mensagem  LFerro em Qui 18 Set 2014 - 13:13


Depois de uns meses de indefinição e de muitas possibilidades para seguir a sua carreira no Mundial de Velocidade, o piloto português Miguel Oliveira acaba de ser confirmado como novo piloto de uma das melhores (se não a melhor) equipas da categoria Moto3, a Red Bull KTM Ajo.

Esta é uma notícia que já vinha sendo dada como certa desde antes da pausa de verão do Mundial de Velocidade. Na realidade o Miguel tinha em mãos várias propostas para continuar a sua carreira, não só na categoria Moto3, como também subir de escalão e atacar os pilotos mais consagrados da categoria intermédia Moto2.

No entanto a proposta de permanecer por mais uma temporada numa classe onde já demonstrou ser capaz de lutar pelas vitórias, principalmente quando usufrui de uma moto competitiva, provou ser irrecusável para o nosso “MIG44”, e o acordo total foi atingido durante o GP de São Marino, no passado fim de semana.

Aos comandos de uma das motos mais competitivas de todo o plantel das Moto3, uma KTM RC250GP, que recebe especial atenção da fábrica austríaca e que inclui preparação “factory”, o piloto luso será integrado numa das estruturas de topo, a equipa Ajo, onde terá ao seu lado na box mais dois pilotos: Karel Hanika, piloto checo campeão da Red Bull Rookies Cup em 2013, e ainda o sul-africano Brad Binder, que tal como o Miguel Oliveira salta de uma Mahindra para a Red Bull KTM Ajo.

Para Aki Ajo, diretor da equipa, esta revela ser a escolha ideal para ocupar o lugar deixado vago por Jack Miller (que entretanto salta para MotoGP com a equipa LCR Honda) pois “o Miguel é um dos maiores talentos de Moto3”, prometendo trabalhar em conjunto com todos os seus parceiros para garantir os melhores resultados para o piloto português.

Também para o próprio Miguel Oliveira este é um passo extremamente importante na sua afirmação como uma das forças a ter em conta no Mundial de Velocidade. Já com uma boa experiência acumulada neste mundial (parte da temporada das antigas 125GP e agora três temporadas de Moto3), a decisão de permanecer nesta categoria foi feita tendo em conta diversos fatores, mas o principal, é que assim poderá lutar claramente pelo título

“Estou muito contente por me juntar a um grupo tão profissional como a Red Bull KTM Ajo e penso que esta troca vai permitir-me lutar pelas posições de topo na próxima temporada. Estou muito feliz por poder competir como parte desta equipa, apoiado por uma grande fábrica como é a KTM e a representar grandes empresas como são a Red Bull e todos os nossos parceiros. É uma honra para mim!”.

De referir que os pilotos que competem nas KTM têm dominado a categoria Moto3 desde que esta nasceu: em 2012 Sandro Cortese foi campeão, e na temporada passada foi a vez de Maverick Viñales conquistar o título.

Miguel Oliveira conta no seu currículo com um segundo lugar, por três vezes subiu ao terceiro lugar do pódio, e por uma vez conquistou uma "pole position".

Agora que está confirmado o futuro de Miguel Oliveira, aumentam também as responsabilidades sobre o que o jovem talento português tem de atingir, sendo que o claro objetivo que o leva a aceitar permanecer mais um ano nesta categoria, é de tentar conquistar o título, para então, com esse título “no bolso”, saltar para outros voos.

Fonte: http://www.motociclismo.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=6909&Itemid=51
avatar
LFerro
Membro Prestige
Membro Prestige


http://www.facebook.com/profile.php?id=100000951597399&sk=in

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum