Últimos assuntos
» 08-Nov-2015 - Almoço convívio ADM e celebração aniversário ADM (Lousa -Montachique)
por DSancho Sex 6 Nov 2015 - 18:18

» almoço
por jvenancio Qua 26 Ago 2015 - 9:41

» 26-06-2017 - Almoço das 6ªs, Prazeres da Picanha
por ZéPedro Sex 26 Jun 2015 - 22:10

» 5-6-2015 - Almoço das 6ªs - Francesinha em Santos
por jvenancio Sex 5 Jun 2015 - 11:30

» 17ª Edição do Lés-a-Lés (Inscrição)
por jvenancio Sab 30 Maio 2015 - 10:17

» Honda Africa Twin revelada
por jvenancio Qua 27 Maio 2015 - 16:28

» 07 a 09-06-2014 - 16º Portugal de Lés-a-Lés
por LFerro Sex 6 Fev 2015 - 17:48

» Triumph Tiger 800 - 800XC - 1200 Explorer
por LFerro Seg 19 Jan 2015 - 14:07

» Kymco Downtown 350i
por ZéPedro Qua 14 Jan 2015 - 23:08

» 17º Portugal de Lés-a-Lés 2015 - 7 a 9 Junho 2015
por LFerro Seg 12 Jan 2015 - 20:03

» Revista MOTOCAMPING
por LFerro Sex 2 Jan 2015 - 18:45

» 19-12-2014 - Almoço das 6as - ESPECIAL BOAS FESTAS
por rlopes Seg 22 Dez 2014 - 11:31

» 12-12-2014 - Almoço das sextas, Mercado 31 Janeiro
por jvenancio Seg 15 Dez 2014 - 14:24

» 28-11-2014 - Almoço das sextas, Mercado 31 Janeiro
por jvenancio Sex 28 Nov 2014 - 19:27

» Lisboa Motoshow 2015
por Pianoman Qui 27 Nov 2014 - 12:46

Os membros mais ativos do mês


Pavimento “amigo” muda de cor quando há gelo na estrada

Ir em baixo

Pavimento “amigo” muda de cor quando há gelo na estrada

Mensagem  LFerro em Qui 28 Fev 2013 - 16:21


Uma equipa da Universidade do Minho (UMinho) desenvolveu um pavimento que fica vermelho quando se forma gelo na sua superfície. Esta tecnologia pode evitar acidentes e vítimas nas estradas de todo o mundo.

Esta "inovação mundial" deve-se à introdução de nanocompósitos à base de óxidos nos pavimentos tradicionais, segundo avança a UMinho.

Joaquim Carneiro, do Centro de Física da Escola de Ciências da UMinho e líder do projecto, explicou que quando a temperatura baixa ao ponto de congelação da água (0ºC) é produzida uma reacção que leva o asfalto a adquirir a cor vermelha.

"Os condutores conseguem, assim, visualizar as zonas encarnadas em que se formam as placas de gelo e tomam as devidas precauções", explicou.

Além disso, as minúsculas partículas à base de óxidos têm a capacidade de limpar o próprio asfalto. Reagem quimicamente com o óleo que sai dos veículos em acidentes ou em derrames no asfalto, degradando o óleo e convertendo-o em dióxido de carbono e água.

A pesquisa foi apresentada numa conferência internacional e "já despertou o interesse" dos governos da Finlândia e Portugal.

Depois das provas laboratoriais na UMinho, será agora testada em ambiente real, numa auto-estrada da região Centro, cujas condições de rigor climático, altitude, humidade e temperatura são consideradas propícias.

O próximo projecto incide na utilização de fibras de carbono que alertem para a formação de fissuras no asfalto, de forma a que sejam detectadas e reparadas mais rapidamente.

Fonte: http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=31&did=98216#.US445_dOq3c.facebook
avatar
LFerro
Membro Prestige
Membro Prestige


http://www.facebook.com/profile.php?id=100000951597399&sk=in

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum